Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


27
Jan16

CNE, Portas e o resto do mundo

por joão pedro lopes

pp_1.JPG

 

as declarações de Paulo Portas no domingo não me chocam. como aliás tenho uma tremenda dificuldade em entender esta coisa de não apelar ao voto em véspera e dia de eleições. alguém que passa meses a pedir votos vai agora silenciar-se a 24 horas das urnas como se isso mudasse alguma coisa? salvo o ruído mediático....

 

contudo e perante as declarações do presidente do cds e as dúvidas que se levantaram sobre a violação desse dever de reserva, o partido entendeu publicar um video nas redes sociais, presumimos que em defesa do presidente, usando declarações passadas de António Costa e insinuando que a CNE usa de uma dualidade de critérios.

 

ora usar videos passados não me parece boa ideia em política. até porque todos os políticos já disseram o mesmo e o seu contrário váras vezes. acresce, a meu ver, que insistir em justificar um "erro" com o mau exemplo de outros, não me parece solução.

 

Se a moda pega, ainda iremos ver os portugueses a 200 km/h na autoestrada e a exibir depois os videos da ponte vasco da gama - que sobreabundam no youtube - para depois e sem pudor dizer: "o que uns podem e outros não". foi mais ou menos isto que o cds fez. e fez mal. a meu ver.

26
Jan16

Tony Carreira, Cristiano Ronaldo e Timor

por joão pedro lopes

Só por maldade podemos pedir a Tony Carreira que nos fale de protocolo e diplomacia. Não sabe, nem tem que saber. Assim como não pedimos a Cristiano Ronaldo que cante em palco. Não sabe, nem tem de saber.

 

Vem isto a propósito da condecoração que TC não recebeu, nem devia receber, na embaixada portuguesa, do discurso de Ronaldo em inglês na cerimônia da bola de ouro e da exemplar atitude do presidente timorenses, Taur Matan Ruak, que perante o presidente da indonésia fez o seu discurso em português. Num discurso em português – língua em que também foi lido o decreto

image.jpg

 

de atribuição da condecoração. Eu acrescentaria que dizê-lo em português é expressão da sua soberania e independência! Bem. Muito bem.

 

Quando do cada um faz aquilo para que realmente sabe e não dá palpites, o mundo é muito melhor. mesmo muito.

26
Jan16

bater retratos

por joão pedro lopes

a expressão perfaz a memória de muitos ainda. batiam-se retartos.éverdade. nunca fui grande amante da arte mas reconheço um mérito ímpar em Carlos Rio e tantos outros que como ele se dedicam. e dedicam mesmo. e sabem. sabem mesmo muito. há dias encontrei um registo diferente. não sei se melhor se pior. mas gostei. é o paulo. não o conheço mas gostei. sugiro que o visitem por aqui.

10299585_10205364431693167_509485868336173711_n.jp

 

 

 

 

[foto Apúlia - Esposende]

 

 

já por várias vezes assumi publicamente que era inadmissível que o site da autarquia de Esposende não tenha as actas actualizadas. talvez agora, com os alertas da nova imprensa não escrita, as coisas melhorem. forum_municipal_rodrigues_sampaio.jpgsejam como for, a 25 de janeiro de 2016, a ultima acta disponível no site data de 14 dezembro 2015. da assembleia municipal, as coisas ficam piores. o site tem apenas uma acta em fevereiro de 2015.

se os salários dos vereadores e membros da assembleia municipal fossem pagos pela publicação das actas, tudo seria diferente.

24
Jan16

o que tem em comum estas duas fotos?

por joão pedro lopes

passoscavaco.png

a) ambas são em Esposende;

b) ambas em campanhas de candidatos do PSD;

c) ambas tem centenas (se não mesmo milhares) de pessoas;

d) todas as anteriores.

couto dos santos é um dos trinta galáticos que querem uma reforma vitalícicoutosantos.jpega. o psd de  Esposende, sempre lesto em citar este forjanense, de repente, silenciou-se.

Apesar deste destacado militante social-democrata até ter tentado com José Lello impor um tecto máximo de rendimentos cumulativos, a verdade é que não teve coragem de levar até ao fim o seu propósito.

couto dos santos já nos tinha dado um ar da sua graça ao votar de uma forma em Lisboa na AR e de forma  contrária na Assembleia a que presidia, como fora na reforma administrativa.

assim, estar  na linha da defesa dos "pobres" deputados que precisam de reforma  vitalícia porque estiveram doze anos no parlamento, só surpreende os menos atentos.

e desta vez, o psd de Esposende.... nem uma palavra.

 

 

 

23
Jan16

já na FNAC

por joão pedro lopes

Uma carreira bem construída pode ser determinante para uma vida plena de realização pessoal e, aeusouomeumaiorprojecto.jpgcima de tudo, feliz. O que me motiva e distingue? Qual a estratégia a seguir e como tirar partido das minhas maiores forças e fraquezas? Qual a minha vantagem competitiva? E qual é, afinal, o objectivo da minha carreira? Com base na vasta experiência como especialista em gestão de carreiras e executive search, Maria da Glória Ribeiro ajuda os leitores a empreenderem, com coragem e determinação, a construção de uma carreira de sucesso. E nunca é tarde para melhorar ou mesmo para mudar radicalmente de rumo. Com exemplos claros onde identifica as boas e más decisões e partilha conselhos e soluções, a autora desafia os leitores a não aceitarem determinismos e incentiva-os a lutar por aquilo que querem ser.

 

 

23
Jan16

brevemente numa versão local, perto de si

por joão pedro lopes

joaopaulo.jpg

A Noite das Facas Longas  foi um expurgo que aconteceu na Alemanha Nazista na noite do dia 30 de junho para 1 de julho de 1934, quando a direção do Partido Nacional Socialista Alemão dos Trabalhadores (o Partido Nazista) decidiu executar dezenas de seus filiados, sendo a maioria pertencente à Sturmabteilung (SA), uma organização paramilitar do partido.

 

 

23
Jan16

esposende

por joão pedro lopes

Nasci na terra do vento,
minha mãe era a nortada,
o meu pai um cata-vento,
meus irmãos, a passarada…

Foi meu lar o vendaval,
feito de noite e saudade,
O meu berço o temporal,
minha sina a liberdade…

Minha riqueza a traineira,
navegando sobre o mar,
sobre a onda traiçoeira,
com medo de naufragar.

Dormi na areia da praia,
a escutar a sereia.
Pus a secar a minha saia
no estendal da Ribeira.

Cresci perdida no tempo,
entre o sol e o luar.
Eu nunca quis casamento,
mas sempre soube noivar.

Nas asas de uma gaivota,
andei suspensa no ar.
A vender peixe na lota
aprendi a apregoar…

A falar tudo me entende,
a contar não tenho idade…
O meu nome é Esposende
da Saúde e Soledade

Maria Helena Amaro
Inédito, agosto, 2009


21
Jan16

Education World Forum #London #globalGoals

por joão pedro lopes

image.jpg


Mais sobre mim

foto do autor


Arquivo

  1. 2016
  2. JAN
  3. FEV
  4. MAR
  5. ABR
  6. MAI
  7. JUN
  8. JUL
  9. AGO
  10. SET
  11. OUT
  12. NOV
  13. DEZ


subscrever feeds